terça-feira, 3 de janeiro de 2017

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

INFORMATIVO

Conforme Portaria da Fundação Cultural de Joinville, publicada em 22 de novembro de 2016, o Museu de Arte de Joinville informa:


Nos dias 24, 25, 31 de dezembro de 2016 e 01 de janeiro de 2017, todas as unidades da Fundação Cultural de Joinville permanecerão fechadas;

Às segundas-feiras, os Museus e a Estação da Memória permanecerão fechados para limpeza e manutenção das exposições, conforme convenções internacionais.”



Atenciosamente,

Equipe do MAJ

Para visitar...

Programa de exposições - Museu de Arte de Joinville
 (dezembro/2016 e janeiro/2017)










terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Abertura do Bloco de Dezembro no MAJ

No dia 08 de dezembro foram abertas no Museu de Arte de Joinville, as exposições das artistas Elke Hülse e Vera Pamplona. Seguem alguns registros da noite de abertura.




 







As exposições ficam abertas para visitação até 29 de janeiro de 2017.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

MAJ abre exposição de Vera Pamplona



A Prefeitura Municipal, a Fundação Cultural e o Museu de Arte de Joinville, apresentam a exposição “SUSPENSIONIS TEMPORE, da artista visual Vera Pamplona (São Paulo/SP) com abertura no dia 08 de dezembro, às 19h. A exposição terá abertura paralela a mostra “ERA UMA VEZ...” da artista catarinense Elke Hülse.
A exposição de Vera Pamplona, aborda a questão do tempo. Um período não vivido, cujo mote passa a ser um tempo observado, curtido e embalsamado. Tempo que se transforma em lembranças, murmúrios e sons. Um tempo de silêncio. Um tempo em suspensão.
Ao estar contida em um espaço pequeno e sem mobilidade, a artista passa a vivenciar este tempo extremamente lento e rotineiro. O dia que amanhece e transcorre numa sequencia de horas e o anoitecer que chega silencioso e abafado. Um tempo determinado pela cadência das horas: rítmico e cadenciado.
A esperança e a urgência de uma reconstrução pulsa e afirma-se como uma esperança maior. Um sonho de liberdade e o viver.
Fazem parte da exposição trinta fotografias e um desenho em grandes dimensões realizado com caneta esferográfica datadas de 2015.
Na abertura da exposição, a artista conversará com o público presente.

Sobre a artista

Vera Pamplona é graduada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado - FAAP e tem participação em cursos, seminários e grupos de estudos de arte desde a década de 70. Entre 1985 e 2001 foi professora do curso de Desenho nos Cursos Livres da FAAP.
Além de exposições individuais, integrou mostras coletivas e salões de arte pelo país.
Em 2014, participou dos projetos coletivos “Parola Pax” na Galeria de Arte de Fundação Opera Campana dei Caduti em Rovereto e “I am Woman” no Museu de Arte Contemporânea Casoria em Nápoles, ambas cidades da Itália.

Foto: Divulgação da artista

A exposição permanecerá aberta para visitação até o dia 29 de janeiro de 2017 (domingo).

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Elke Hülse no Museu de Arte de Joinville



A Prefeitura Municipal, a Fundação Cultural e o Museu de Arte de Joinville, apresentam a exposição “ERA UMA VEZ..., da artista visual Elke HÜlse (Criciúma/SC) com abertura no dia 08 de dezembro, às 19h. A exposição terá abertura paralela a mostra “SUSPENSIONIS TEMPORE” da artista visual Vera Pamplona de São Paulo. As duas exposições foram aprovadas no Edital de Exposições Temporárias MAJ 2016.
A proposta da exposição ERA UMA VEZ...é composta de 11 tapeçarias que reúnem retratos e memórias, contemplando duas linguagens distintas: a fotografia e a tapeçaria. A fotografia é o instrumento inicial utilizado na concepção das tapeçarias e essas por sua vez, tornam-se mais vivas do que as imagens do personagem ali retratados.
Fará parte da exposição a obra que originou o título da mostra “Es war einmal....Era uma vez.....Once upon a time” livro de artista que reúne uma série de produções em pequenos formatos emendados. No verso da obra é possível ver impresso em tecido o desenho, também denominado de cartão usado como referência para execução das tapeçarias. Recentemente esta obra estava exposta em Shenzhen na China.
Em fevereiro de 2016, a artista foi convidada para participar da conceituada mostra anual no The Cordis Prize For Tapestry na Upper Galleries of the Royal Scottish Academty em Edimburgo na Escócia.
A artista tem se dedicado ao longo de dez anos a traduzir a linguagem da fotografia para a da tapeçaria.

Sobre a artista

A artista Elke HÜlse é natural de Blumenau/SC, vive e trabalha na cidade de Criciúma. Possui graduação em Artes Visuais e mestrado em Teoria e História da Arte pela UDESC/Florianópolis, além de participação em cursos e workshops na área.
Trabalha com tecelagem e tapeçaria desde 1990. Sua formação em tapeçaria se baseia no método criado pelo tapeceiro uruguaio Ernesto Aroztegui. Tem participação em residências artísticas em Moscou e em editais de países da Europa, Estados Unidos, China e América Latina; expôs em diversas mostras coletivas pelo Brasil e no exterior, bem como realizou exposições individuais em várias galerias e espaços culturais de Santa Catarina.


Foto: Divulgação da artista